Nutrição na fertilidade

Muita gente já sabe que a fertilidade diminui com a idade, mas nem todo mundo sabe que existem também outros fatores que podem interferir na capacidade de ter filhos.1 Escolhas de estilo de vida, como a alimentação, podem causar grande influência na saúde reprodutiva de mulheres e homens, contribuindo ou prejudicando as chances de ter um bebê.2 Então, vale muito a pena prestar atenção na sua alimentação, especialmente se você está tentando engravidar!2,3,4

De acordo com a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, a infertilidade afeta cerca de 10% da população.3 Apesar de não termos controle sobre todas as causas da infertilidade, podemos escolher nossos hábitos alimentares, garantindo uma boa nutrição e um peso corporal saudável, tendo assim um impacto significativo na habilidade de conceber.2,3

A “dieta da fertilidade”: saiba como sua nutrição pode afetar suas chances de ter um bebê

Manter um peso corporal saudável traz benefícios à fertilidade e, consequentemente, aumenta as chances de uma gravidez.3 O ideal é que o índice de massa corporal (IMC) esteja entre 20 e 25.1 O sobrepeso pode alterar os níveis hormonais e levar a uma ovulação irregular.1,3 Já as mulheres que estão abaixo do peso podem apresentar ciclos menstruais irregulares1 ou até parar de ovular totalmente.3 Pessoas com alto risco de infertilidade são as que praticam exercícios físicos muito intensos e as que possuem desordem alimentar ou seguem dietas muito restritivas.3

Evite as “dietas da moda” que fazem seu corpo perder muitos dos nutrientes necessários para uma gravidez saudável.3 O mais importante é conversar com seu nutricionista para achar um plano alimentar que não só tornará seu corpo mais saudável, mas também ajudará sua fertilidade.3

Se você quer saber mais sobre sua fertilidade e como preservá-la, busque ajuda de um médico especialista, o chamado fertileuta. A Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) disponibiliza aqui uma lista de profissionais capacitados, encontre um perto de você!

Dicas de alimentação: a “dieta da fertilidade”

Ter um cuidado especial com a nutrição é fundamental para melhorar sua fertilidade.4 Alguns nutrientes encontrados em certos alimentos contribuem com a produção de hormônios.4 Os antioxidantes que ajudam a proteger óvulos e espermatozoides de radicais livres também são encontrados em alimentos que comemos.4

A chamada “dieta da fertilidade” é um conjunto de hábitos alimentares que beneficiam a saúde reprodutiva.4 Ela inclui alimentos ricos em nutrientes necessários para a função hormonal, saúde dos óvulos e espermatozoides e até o desenvolvimento do feto.4

Os alimentos que fazem parte da “dieta da fertilidade” e que devem ser priorizados para quem deseja preservar ou melhorar a fertilidade, são:2

Alimentos frescos, naturais ou minimamente processados2

Verduras, legumes4 e leguminosas: brócolis,4 rúcula, couve,4 agrião, espinafre,4 escarola, alface, cenoura, abóbora, chuchu, beterraba, abobrinha, berinjela, tomate, cebola, feijões,3,4 grão-de-bico,4 ervilhas e lentilhas.2,3,4


Cereais integrais:4 arroz,3 aveia, linhaça, gergelim, centeio, cevada, trigo e massas à base de farinhas integrais.2

Oleaginosas e óleos vegetais: nozes,4 castanhas,4 amêndoas, pistache, avelãs, oliva, canola, girassol, algodão, milho e gergelim.2


Produtos lácteos (principalmente queijos e iogurte) consumidos em quantidades moderadas.2

Proteína animal: peixes e frutos do mar em quantidades mais elevadas; carne vermelha em quantidades baixas; consumo médio de quatro ovos por semana.2


Frutas frescas (no mínimo, três porções ao dia2): ameixa, romã, uva passa, mirtilo e morango.4

O que evitar: fuja dos alimentos que podem prejudicar a fertilidade

Assim como os nutrientes presentes em certos alimentos ajudam a fertilidade, outros podem ser perigosos para sua saúde reprodutiva.4 Entre os alimentos que devem ser evitados por quem está tentando engravidar estão:

Laticínios: queijos amarelos, leites e iogurtes com alto teor de gordura.2

Gorduras saturadas: banhas, manteigas e gorduras provenientes de produtos animais.2


Carboidratos refinados: pães, biscoitos doces ou salgados, macarrão, massas e cereais preparados com farinha refinada (branca).2

Doces industrializados, biscoitos recheados e produtos à base de açúcar refinado.2


Alimentos industrializados, enlatados, processados, congelados e transgênicos.2

Café4 e outros produtos cafeinados em excesso (mais de duas xícaras por dia).1


Açúcar refinado, refrigerantes e sucos industrializados.4

Alimentos à base de soja.4

Fertilidade do homem

Não é só a mulher que precisa ficar de olho em sua alimentação.1,3 É importante que o homem também procure manter um peso corporal saudável e uma dieta balanceada para melhorar sua fertilidade.2,3 Isso porque a obesidade em homens pode alterar o nível de testosterona e de outros hormônios.1,3 Homens acima do peso ou obesos também costumam sofrer piora na quantidade, qualidade e motilidade dos espermatozoides.1,2,3

Uma dieta saudável deve incluir frutas e vegetais variados, os quais contém vitaminas, minerais e antioxidantes que ajudam na produção de espematozoides fortes.3

Mas a alimentação não é tudo: saiba sobre o congelamento de óvulos para preservar a fertilidade

É claro que, não importa o quão saudável é a sua alimentação ou se você está no peso ideal, a fertilidade tende a diminuir naturalmente a partir dos 35 anos.1,5 As mulheres nascem com um número limitado de óvulos e, a partir dessa idade, há uma grande diminuição de sua quantidade e qualidade.1,5 Assim, para quem deseja adiar a maternidade, é recomendado o congelamento de óvulos ou embriões como uma solução eficaz para a preservação da fertilidade.5

Referências

  1. Cidade Verde. Fatores que afetam a fertilidade feminina e você nem imaginava. Disponível em: https://cidadeverde.com/noticias/193476/fatores-que-afetam-a-fertilidade-feminina-e-voce-nem-imaginava. Acesso em julho de 2018.
  2. IPGO. Alimentação: como ela pode interferir na fertilidade. Disponível em: http://www.ipgo.com.br/nutricao-em-infertilidade/. Acesso em julho de 2018.
  3. Academy of Nutrition and Dietetics. Foods That Can Affect Fertility. Disponível em: https://www.eatright.org/health/pregnancy/fertility-and-reproduction/fertility-foods. Acesso em julho de 2018.
  4. Natural Fertility Info. The Natural Fertility Diet: How to Eat for Optimal Fertility. Disponível em: https://natural-fertility-info.com/fertility-diet. Acesso em julho de 2018.
  5. CRH. 5 coisas que toda mulher deve saber sobre congelamento de óvulos. Disponível em https://www.crhriopreto.com.br/single-post/2017/06/29/5-coisas-que-toda-mulher-deve-saber-sobre-congelamento-de-%C3%B3vulos. Acesso em julho de 2018.
Conteúdos mais acessados